O AMANHÃ É DISTANTE
(Bob Dylan - versão: Geraldo Azevedo / Babau)
Tom: C
Intr.: (C F) F C
      C        F             C   F
E se hoje não fosse essa estrada
      C           F            C    F C
Se a noite não tivesse tanto atalho
       F      G            C    F C
O amanhã não fosse tão distante
     F         G        C   F C
Solidão seria nada pra você
       F       G            C           
Se ao menos o meu amor estivesse aqui   
        F       G             C         
E eu pudesse ouvir o seu coração        
       F        G            C          
Se ao menos mentisse ao meu lado        
   F              G             Intr.   
Estaria em minha cama... outra vez      
        C           F          C     F
Meu reflexo não consigo ver na água
       C       F               C  F C
Nem fazer canções sem nenhuma dor
       F    G             C
Nem ouvir o eco dos meus passos
         F             G               C
Nem lembrar meu nome quando alguém chamou
(repete refrão)
     C       F          C    F
A beleza no rio do meu canto
     C       F                C   F C
A beleza em tudo o que há no céu
       F           G             C
Porém nada com certeza é mais bonito
        F         G             C
Quando lembro dos olhos do meu bem
(repete refrão)